Cidade

Políticos e comerciantes itabaianenses prestam homenagens a Irami Almeida

Seu corpo está sendo velado em sua residência, na rua José Alves de Lima.
por Redação do Portal Itnet
16/05/2017 10:57h

Hoje, 16 de maio, Itabaiana amanheceu de luto e triste pela notícia do falecimento de Maria Irami Almeida, proprietária da Joalheria A Novidade. Irami era uma mulher bastante influente na sociedade itabaianense, e também uma das comerciantes mais importantes no município.

O presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Itabaiana (CDL), Jamisson Barbosa disse que a morte de Irami é uma perda não só para Itabaiana, mas também para Sergipe. “Ela fazia as coisas com muito amor, era uma pessoa muito boa. Fica na lembrança agora o sorriso lindo que ela tinha”, disse ele.

A CDL está fechada no dia de hoje, e o presidente pede que os lojistas que acharem conveniente fechem os estabelecimentos meia hora antes do sepultamento, em homenagem.

O empresário Messias Peixoto, dono do Shopping Peixoto, disse que Irami era uma amiga. “Ela era uma pessoa pra frente, otimista. Foi a primeira comerciante a fechar contrato conosco para colocar a loja em nosso shopping. Sem dúvidas é uma perda irreparável para nós”, afirmou Messias.

O senador Eduardo Amorim emitiu nota lamentando o falecimento e enaltecendo a pessoa de Irami. “Ela foi uma mulher de muita garra e responsabilidade, sendo uma das pessoas mais importantes para o comércio de Itabaiana. Mulher de fibra, ela foi fundamental para o fortalecimento do empresariado de Itabaiana e de Sergipe”, disse o senador.

 Os deputados estaduais Luciano Bispo e Maria Mendonça, usaram as redes sociais para prestar uma homenagem à empresária. Luciano disse que perdeu uma grande amiga, e que ela foi uma das mais destacadas comerciantes do município em todos os tempos.

Maria Mendonça publicou o segunte:  “Irami deixa um legado de honradez e de exemplos que devem ser seguidos. De espírito aguerrido, essa itabaianense muito contribuiu com o seu povo”. Para o empresário e proprietário da ITnet, Jamysson Machado, Irami foi um mito na história do comércio de Itabaiana.

O sepultamento ocorrerá às 17 hs, no Cemitério de Santo Antônio e Almas, saindo o cortejo de sua residência, onde está acontecendo o velório.

Frente da residência de Irami, onde o corpo está sendo velado

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo