Saúde e Ciência

Sergipe registra queda em casos de dengue, febre chikungunya e zika vírus

Dados do Informe Epidemiológico desta semana apontam redução de aproximadamente 80% nos casos confirmados de zika vírus nos cinco primeiros meses de 2017 em comparação ao mesmo período de 2016.
por Redação do Portal Itnet
03/06/2017 13:48h

O índice de casos de dengue, febre chikungunya e zika vírus tem diminuído em Sergipe. É o que aponta o Informe Epidemiológico desta semana, elaborado pela Secretaria de Estado da Saúde através do Núcleo Estratégico da Saúde (Nest/SES).

Nos casos de zika vírus, foram registrados dez casos prováveis com seis confirmações neste ano, enquanto foram 197 notificações e 27 pessoas diagnosticadas com a doença nos cinco primeiros meses do ano passado em Sergipe. A redução no índice é de aproximadamente 80% nos casos confirmados em relação ao mesmo período deste ano. De acordo com a SES, o registro da doença tende a diminuir, já que, por exemplo, na última semana, o estado não teve registro de novos casos. As regiões de Estância, Itabaiana, Nossa Senhora da Glória e Propriá não identificaram casos de zíka neste ano.

Os casos de febre chinkungunya foram reduzidos em 47 vezes. Foram 198 prováveis casos da doença em Sergipe, com 108 casos confirmados neste ano. Aracaju foi o município com o maior número de pessoas com chinkungunya, 44 somente nos cinco primeiros meses de 2017. Em segundo lugar ficou o município de Propriá, na região do Baixo São Francisco, com 25 casos confirmados.

Sergipe também reduziu em sete vezes o número de pessoas com dengue se comparado ao ano passado. Nos cinco primeiros meses de 2016 foram mais de 2.600 casos prováveis com 1.346 pessoas confirmadas com a doença. Já neste ano, foram confirmados 172 pessoas com dengue no estado. Através dos informes semanais, a SES acompanha as notificações e as consequências das doenças causadas pelo aedes aegypti no estado e planeja ações com foco no combate ao mosquito.

Por Agência Sergipe Notícias 
 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo