Cidade

Corpo da cantora Eliza Clívia já foi liberado para sepultamento

Ela morreu em um acidente de trânsito junto com o marido na capital sergipana.
por Redação do Portal Itnet
17/06/2017 10:44h
Atualizado em 17/06/2017 20:40h

O corpo da cantora Eliza Clívia, um dos grandes nomes do forró atual, já foi liberado pelo Instituto Médico Legal de Sergipe (IML) para o sepultamento. O corpo do seu marido, Sérgio Ramos, que morreu junto com ela, só foi liberado por volta das 15h30, com a chegada de familiares.

O corpo de Eliza será levado de carro para a cidade de Livramento, na paraibana, e o do marido será velado na capital João Pessoa. 

Eliza e Sérgio morreram na tarde da última sexta-feira, 16, após um acidente de trânsito ocorrido no centro de Aracaju. Um ônibus de transporte coletivo colidiu no veículo de passeio que o casal estava, e os dois morreram na hora.

O casal estava em Sergipe para fazer um show; Sérgio, além de marido, era baterista de Eliza. Antes do acidente, o casal havia gravado um programa na TV Aperipê, e seguiam para a TV Atalaia. Eliza também faria um show em Aracaju na noite de ontem.

A cantora fez muito sucesso nas bandas Cavaleiros do Forró e Cavalo de Aço, e era considerada a Rainha do Forró moderno. Eliza viveu o auge de sua carreira no início dos anos 2000, quando a banda Cavaleiros do Forró estava em ascensão. Músicas como "Brinquedo de Amor", "Alô" e "A vontade que eu tenho" ficaram muito conhecidas através da voz marcante de Eliza.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo