Esporte

Futsal: vereadores de Moita Bonita votam e Real Moitense perde subvenção da prefeitura

O Real Moitense está na final do Campeonato Sergipano de Futsal 2017.
por Redação do Portal Itnet
20/06/2017 08:59h
Atualizado em 20/06/2017 09:24h

Ocorreu na última segunda-feira, 19, na Câmara de Vereadores de Moita Bonita, a votação do Projeto de Lei nº 150, relativa à votação da subvenção de R$ 198 mil, destinada ao Real Moitense, time de futsal do município. Por 5 votos contra 4, o time perdeu a subvenção.

Câmara Municipal de Moita Bonita / foto ilustrativa

 

Atualmente, o Real Moitense disputa duas competições importantes: a final do Campeonato Sergipano de Futsal, que ocorrerá nesta quinta-feira, 22, contra o Colégio Educar de Nossa Senhora da Glória, e disputa as quartas de final da Copa do Brasil de Futsal.

Foto: fan page do Real Moitense

 

Na votação, os vereadores da oposição, Gilvan, Bolo, Lenicleide e Clóvis votaram contra a subvenção para repasse ao time; já os vereadores da situação, Leda Costa, Elias, Paulinho e Tales votaram a favor. O presidente da Casa, Jair Nunes, da situação, votou para desempatar. Por 5 votos a 4, o time perdeu a subvenção. Sem recursos a partir de agora, cogita-se até a possibilidade de que o time acabe.

Gilvan Fonseca, vereador que votou contra, acredita que o time é de extrema importância para o município, mas acha que, atualmente, outras áreas devem ser priorizadas, a exemplo da educação e saúde. “Eu sempre votei a favor de repasses ao time, mas acho que agora o prefeito Marcos Costa deve priorizar pagar e dar aumento aos servidores, pois o município não está passando por uma situação fácil”.

Já para o vereador Elias Barreto, que votou a favor do repasse da subvenção ao time, sem recursos, o Real Moitense pode acabar, e isso será uma grande perda para o município. “o Real Moitense é um time conhecido nacionalmente, que leva o nome de Moita por onde vai, é o time que move o futsal sergipano e também torna o município de Moita atrativo”. Segundo o vereador, a retirada da subvenção afetará não só o Real, mas todo o futsal sergipano.

Gostou? Compartilhe:

Comentários
Veja Também