Política

Herói ou vilão? O início de uma nova campanha - Parte I

Em meio a uma crise com a Justiça e a mídia, Lula começa sua pré-campanha.
por Redação do Portal Itnet
31/07/2017 14:57h

Por Júnior Carvalho, Editorial.

Aplausos e críticas sempre fizeram parte da trajetória do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. Muitos o têm como herói, outros como vilão; mas as pesquisas de opinião pública constatam que, para maioria da massa popular, à frente da imagem de Lula aparece a de um político bondoso, que teve inegáveis falhas, mas segue conquistando a maioria há 4 eleições seguidas. Escândalos o envolvendo, sejam verídicos ou por meio de intervenções midiáticas (a quem pouco buscou agradar), existem desde sua época de líder sindical. Em resumo, o herói de alguns e vilão de outros, hoje é tido como um Robin Hood Brasileiro.

Inácio hoje passa por um dos piores momentos de sua história política. A Operação Lava-Jato, desencadeada pelo Juiz Sérgio Moro, tem sido uma pesada nuvem de temporal à frente de sua estrela. Muitos cogitam sua prisão, inclusive já há uma sentença de 09 anos e meio em primeira instância. No entanto, caso Lula concretize sua pretensão de voltar a concorrer à Presidência, ele tem grandes chances de ter seu terceiro mandato e, mesmo contra vontade da maioria de algumas classes sociais, a opaca estrela do PT pode voltar a brilhar em Brasília.

É indiscutível que Lula, mesmo tendo sua aliada e sucessora deposta do cargo por pressão popular, ainda é uma liderança inquestionável e, mesmo depois de todos os escândalos o envolvendo, até agora ele lidera todas as pesquisas de opinião feitas, a impopularidade de Dilma passa longe de atingi-lo, enquanto a do atual presidente, Michel Temer, é um trampolim que o projeta ainda mais.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo