Educação

Professores e servidores da UFS realizarão coletiva de imprensa sobre o corte de verbas à Universidade

A coletiva acontecerá hoje, 1° de agosto, às 10 hs, no auditório da Adufs, no Campus de São Cristóvão.
por Redação do Portal Itnet
01/08/2017 08:40h

Em virtude do massivo corte de recursos da Educação Pública Federal praticado pelo Governo Temer, as entidades representativas que compõem a comunidade acadêmica na UFS convocam os veículos de comunicação, entidades e movimentos sociais e toda a sociedade civil organizada para uma Coletiva de Imprensa a ser realizada na terça, dia 1º de Agosto, às 10h no Auditório da Adufs (Campus São Cristóvão), onde será discutida a calamitosa situação financeira da universidade.

Sabe-se que as universidades públicas sofreram corte de mais de 50% de seus recursos, sendo cerca de 15% nos gastos de custeio e 40% nas despesas de investimento (para realização de obras, por exemplo). Em abril, o Governo Federal cortou R$ 4,3 bilhões do orçamento do Ministério da Educação em manobras que reverberam até o início do segundo semestre, quando os recursos retirados puderam ser destinados para compra de votos dos parlamentares no processo de cassação de Temer por improbidade administrativa.

Na UFS, os cortes de recursos para Assistência Estudantil foram de mais de R$ 1 milhão, com reduções também nas bolsas de pesquisa e extensão. Devido à pouca transparência acerca dos danos que esses cortes provocam na universidade, o Sintufs questionou a administração da UFS que, de forma extra-oficial, informou que só há recursos para manter as atividades acadêmica em funcionamento até setembro.

Diante do iminente fechamento das portas da UFS em outubro, o Sintufs, a Adufs e o DCE reforçam a necessidade tornar públicas a situação financeira da UFS e de democratizar a tomada de decisões dos próximos passoa diante do extremo contigenciamento e sucateamento da universidade pública brasileira, com impactos desastrosos na UFS.

Fonte: Sintufs

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo