Justiça

Caso Rita Lee: STJ nega recurso e cantora terá que indenizar policial sergipano

A indenização corresponde ao valor de R$ 5 mil, referente a uma confusão ocorrida em 2012.
por Redação do Portal Itnet
03/08/2017 17:44h

A terceira turma do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) decidiu recusa do recurso aberto pela cantora Rita Lee, no episódio que envolve indenização a um policial sergipano. Em 2015, a cantora tentou recorrer. Como o pedido foi negado, Rita Lee terá que pagar a indenização de R$ 5 mil para um policial sergipano, referente a uma confusão ocorrida em 2012, na Barra dos Coqueiros.

Durante um show da cantora na Barra dos Coqueiros, ela reclamou dos policiais que estavam fazendo a segurança. Os policiais entraram com um processo contra a cantora pelo crime de danos morais. A cantora se referiu aos policiais da seguinte maneira: "Seus cachorros, coitados dos cachorros. Seus cafajestes”. Cinco anos depois, finalmente saiu o resultado, e Rita foi condenada a pagar R$ 5 mil ao policial Ângelo dos Santos Carvalho, titular da denúncia.

Com informações da ISTOÉ.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo