Justiça

Exclusivo: Desembargador derruba liminar expedida por Juíza e Matadouro de Itabaiana será liberado para o abate

De acordo com a decisão do Desembargador, o fechamento do Matadouro traz mais prejuízos que benefícios para Itabaiana.
por Redação do Portal Itnet
08/08/2017 16:08h
Atualizado em 08/08/2017 16:14h

O Desembargador Roberto Eugenio da Fonseca Porto decidiu derrubar a liminar expedida pela Juíza da 2ª Vara Cível de Itabaiana, Taiane Danusa Gusmão Barros Sande, que após pedido do Ministério Público de Sergipe (MP/SE), ordenou que a Adema fechasse o Matadouro Municipal de Itabaiana, proibindo o abate de animais no local. A interdição do Matadouro aconteceu ontem, 07, e gerou insatisfação dos trabalhadores.

A Procuradoria Geral do Município de Itabaiana interpôs recurso de agravo de instrumento com pedido liminar solicitando, em caráter de urgência, a suspensão dos efeitos da decisão que determinou a interdição do Matadouro. O relator responsável pelo processo acatou o pedido da Procuradoria e na tarde de hoje, 08, proferiu decisão autorizando o retorno do abate de animais.

Na decisão do Desembargador, o fechamento do Matadouro traz mais prejuízos que benefícios para Itabaiana, a exemplo de um alto número de desempregados, já que cerca de 3 mil pessoas estão ligadas direta ou indiretamente aos serviços do Matadouro, d tiram dali o sustento de suas famílias.

Também para Roberto Eugenio, o fechamento do Matadouro influi em problemas de saúde pública, já que o abate de animais poderá ser feito de forma clandestina por algumas pessoas, tendo em vista que custa caro o pagamento do abate em um matadouro particular. Confira na íntegra a decisão que derruba a liminar da Juíza: clique aqui

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo