Justiça

Matadouro: marchantes fazem carreata em comemoração à decisão do Desembargador

Na tarde de ontem, 08, o Desembargador Roberto Porto derrubou a liminar e o Matadouro está liberado para abate.
por Redação do Portal Itnet
09/08/2017 08:26h
Atualizado em 09/08/2017 08:27h

Por Taís Cristina

Após decisão do Desembargador Roberto Porto, que na tarde de ontem, 08, derrubou a liminar expedida pela Juíza da 2ª Vara Cível da Comarca de Itabaiana Taiane Danusa Gusmão, a respeito da situação do Matadouro Municipal de Itabaiana, os trabalhadores realizaram uma carreata em comemoração à reabertura do Matadouro, que desde a segunda, 07, estava fechado para o abate.

Foto: Jackson da ITnet

 

Marchantes e boiadeiros se reuniram na frente de Matadouro e após a decisão fizeram uma verdadeira festa no local e em seguida saíram em passeata pela região. Para o Desembargador, a interdição do local traz mais prejuízos que benefícios para a cidade serrana. Na segunda-feira, após pedido do Ministério Público de Sergipe (MP/SE), a Juíza da 2ª Vara Cível determinou que a Adema fizesse a interdição do Matadouro.

A partir daí, a Procuradoria do Município começou a trabalhar para reverter a situação, fato que foi conseguido na tarde de ontem e comemorado pelos trabalhadores, que agora poderão continuar com suas atividades. Com o fechamento, mais de 3 mil pessoas seriam afetadas direta ou indiretamente, e um alto número de desemprego aconteceria em Itabaiana. Hoje, 09, os trabalhadores respiram aliviados.

Além do desemprego, para Roberto Eugenio, o fechamento do Matadouro influi também em problemas de saúde pública, já que o abate de animais poderá ser feito de forma clandestina por algumas pessoas, tendo em vista que custa caro o pagamento do abate em um matadouro particular.

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo