Economia

Safra de feijão cresce em Sergipe. Preço diminui e quilo pode custar até R$ 2,50

O feijão é um dos alimentos indispensáveis no prato do sergipano e do brasileiro.
por Redação do Portal Itnet
25/08/2017 08:26h
Atualizado em 25/08/2017 09:07h

 Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a produção sergipana de feijão deste ano apresentou crescimento de 251% em relação a 2016. O quilo do feijão, que chegou a ser vendido a R$ 12,00 no final do ano passado, pode ser encontrado a R$ 2,50. 

“Em 2016, vivemos uma das maiores secas dos últimos dez anos. Todas as lavouras foram atingidas pela falta de chuvas, mas, graças a Deus, 2017 teve um bom inverno e já estamos vendo resultados crescentes em todos os cultivos do estado”, disse o secretário de Estado de Agricultura, Esmeraldo Leal.

Foto: ASN

 

O impacto da estiagem pode ser percebido nos dados divulgado pelo IBGE sobre a safra do feijão que vinha diminuindo desde 2014, quando saiu de uma produção de 10.177 toneladas (t) para 7.992t em 2015 e 2.691t em 2016. A sequência de queda só foi interrompida agora em 2017, com previsão de produção de 9.636 toneladas.

Esmeraldo Leal destacou que o apoio do governo foi fundamental para que o pequeno agricultor garantisse a colheita. Ele detalhou que, por meio da secretaria de Estado da Agricultura, Desenvolvimento Agrário e da Pesca (Seagri) e da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário (Emdagro), o governo distribuiu 730 toneladas de sementes (300 de milho, 100 de feijão e 330 de arroz) e contratou 14.545 horas de trator, para atender agricultores no preparo 7.272 hectares, em 25 municípios do semiárido. 

 “As sementes distribuídas gratuitamente com os agricultores familiares são certificadas com ótima qualidade e produtividade, alto índice de pureza e geminação”, garantiu o secretário, acrescentando que foram investidos R$ 2.290.000,00 na compra de sementes e R$ 1.600.00,00 na preparação da terra com horas máquina, totalizando investimentos de R$ 3.890.000,00. 

Fonte: ASN

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo