Cidade

Especial Itabaiana 129 anos: conheça Adriano, o professor de geografia “queridinho” de Itabaiana

Adriano acredita e tenta passar para os estudantes que todos têm a capacidade de vencer, basta querer.
por Redação do Portal Itnet
25/08/2017 11:16h

Por Taís Cristina

“Eu escolhi ser professor porque acho a minha profissão uma profissão de extrema importância para a sociedade”. É assim que Adriano Oliveira Santos, itabaianense professor de geografia, descreve com orgulho a profissão que escolheu e atua há 16 anos. “É muito gratificante saber que ajudo na concretização de sonhos, isso faz tudo valer a pena”, conta.

Adriano é bastante conhecido em Itabaiana por dois fatores: o primeiro é por ele ser careca, apesar de jovem, e os alunos sempre brincam com a sua calvície; o segundo é pela relação de amizade que mantém com os alunos. “Eu procuro falar a linguagem dos alunos e facilitar ao máximo a vida deles, para que eles tenham mais interesse”, afirma o “carequinha”, que tem no currículo um total de 11 escolas onde já ensinou.

Ele diz que escolheu a geografia porque gostava muito de política. Ainda, reconhece que fica muito feliz quando um aluno escolhe cursar a graduação em Geografia por influência sua; principalmente quando o aluno “odiava” a disciplina, mas que passou interessar por influência da sua didática.

Quando perguntado por que é tão querido pelos alunos, Adriano conta que nunca parou para pensar nisso, mas acredita que é por tornar a aula divertida e se enturmar com eles. E ele é querido pelos alunos das escolas públicas e particulares, e tenta passar para ambos os mesmos ensinamentos. Adriano acredita e tenta passar para os estudantes que todos têm a capacidade de vencer, basta querer – não importa se for proveniente de escola pública ou particular.

Foto: Taís Cristina

 

Qual o maior ensinamento que você tenta passar aos seus alunos, Adriano?

- Que vale a pena correr atrás dos sonhos, e é através da educação que se consegue realizar os objetivos. – Termina o “carequinha”.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo