Opinião

16 anos depois: As marcas ainda aterrorizam todo o mundo

Confira o editorial especial do Portal Itnet
por Redação do Portal Itnet
11/09/2017 19:04h

Por Júnior Carvalho, Editorial.

Três mil mortos foi o trágico resultado de um dos maiores atentados da história mundial, ocorrido em 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos. O World Trade Center (centro comercial) e o Pentágono (sede do Departamento de Defesa) foram os alvos do grupo terrorista Al-Quaeda que, naquele dia, coordenara o sequestro de quatro aviões e lançou três deles em seus alvos, tendo o quarto caído na Pensilvânia, por conta da luta dos passageiros contra os terroristas que comandavam a aeronave.

16 anos depois, algumas perguntas ainda instigam o debate acerca do tema em todo o mundo. Questões que são sustentadas por teses levantadas por defensores de teorias da conspiração, tais como: a apatia do presidente George Bush, registrada no momento em que ele recebeu a notícia da tragédia que acontecera em seu país; a exposição de contratos feitos pouco antes dos ataques e que, no fim, beneficiaram os donos dos empreendimentos, a exemplo do seguro de 3,6 bilhões de dólares, recebido pelo grupo empresarial que fizera um contrato de locação de 99 anos das torres; dentre outras.

O fato é que o ataque chocou todo o mundo e deixou marcas que jamais serão apagadas. Mais de três mil inocentes foram mortos apenas como demonstração de força contra uma das principais potências mundiais, a qual não conseguiu conter a onda terrorista, naquele fatídico 11 de setembro. Infelizmente, o ataque demonstrou até onde a mente humana pode ir na hora de desafiar um inimigo.⁠⁠⁠⁠

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo