Justiça

Capela: Justiça bloqueia mais de um milhão em bens de ex-prefeito Sukita

A decisão foi resultado de ação cautelar ajuizada pelo Ministério Público Federal em Sergipe.
por Redação do Portal Itnet
20/09/2017 08:59h
Atualizado em 20/09/2017 09:01h

A Justiça Federal decidiu bloquear os bens do ex-prefeito de Capela Manoel Sukita, por conta de desvios de verbas na área da educação. O caso envolve evidências de improbidade administrativa durante os anos de 2005 e 2006. A ação foi assinada pelo procurador da República Flávio Pereira da Costa Matias. O Procurador constatou que as despesas com a educação não correspondiam ao valor retirado da conta bancária vinculada ao Programa de Educação de Jovens e Adultos, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Os valores atualizados do dano causado aos cofres públicos e, principalmente, à população de Capela, ultrapassam o montante de R$340 mil. Com o intuito de garantir o retorno do valor, o MPF ajuizou ação cautelar, que foi acatada pela Justiça. Se for condenado, Manoel Sukita deverá pagar multa de mais de R$ 1 milhão.

O bloqueio do patrimônio é uma forma de precaução, considerando a possibilidade do ex-prefeito se desfazer dos bens antes da decisão final. Na decisão, a Justiça acolheu a tese do MPF. Por isso, incluiu no valor bloqueado os valores desviados e a multa civil que será aplicada caso a ação de improbidade administrativa seja julgada procedente.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo