Entretenimento

Pernambucano ganha a vida como Estátua Viva no centro de Itabaiana

Ele está há seis meses no município, e pretende ficar aqui por mais tempo.
por Redação do Portal Itnet
20/09/2017 11:28h

Por Taís Cristina

Pedro Avelino tem 60 anos de idade, e há 31 anos trabalha como Estátua Viva. Ele é natural de Pernambuco, ganha a vida viajando pelo Brasil e há seis meses está em Itabaiana, trabalhando no centro do município. “Aqui eu pretendo ficar, casar e morar”, conta ele. O trabalho dele chama a atenção e desperta a curiosidade das pessoas, já que não é comum encontrarmos estátuas vivas no município serrano.

Pedro Avelino em um dos seus personagens, o fazendeiro. Foto: Junior Carvalho

 

Tudo começou no Rio de Janeiro, onde seu Avelino morava e trabalhava como artesão. Ele foi chamado para atuar como estátua viva em uma peça teatral, então aí descobriu o seu talento. “Um professor meu disse: Pedro, você tem talento, então honre a sua arte. Então eu decidi levar a vida com isso”, conta ele, que gosta do que faz e se orgulha da profissão.

Pedro é solteiro e mora sozinho. Ele trabalha no centro de Itabaiana, mais precisamente em frente ao Supermercado Nunes Peixoto, mas também viaja a outros lugares para mostrar o seu trabalho, a exemplo de cidades da região, como Ribeirópolis, Areia Branca, Carira, Estância, Aparecida e Lagarto. Ele tem quatro personagens: Lampião, Árabe, Fazendeiro e Médico.

Pedro conta que o pessoal fica curioso e topa nele para ver se é de verdade. “As pessoas ficam curiosas e as vezes quando topam em mim eu me mexo e elas se assustam. Elas acham engraçado”, diz ele.

O trabalho de seu Pedro Avelino exige muita concentração, paciência e também muito talento. É um trabalho digno de um verdadeiro artista, e Pedro o faz com muita competência. Quem tiver interesse em contratá-lo pode entrar em contato através do email: estatuaviva1957@outlook.com ou pelo telefone: 99608 5494.

"O fazendeiro" junto com a repórter Taís Cristina. Foto: Junior Carvalho

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo