Economia

Feira de Itabaiana: período chuvoso altera preços de alguns produtos

Por conta da chuva, os alimentos que são produzidos em Itabaiana estão mais barato para o consumidor.
por Redação do Portal Itnet
21/09/2017 08:12h
Fotos: Junior Carvalho

 

Por Taís Cristina

O município de Itabaiana, no Agreste sergipano, está passando desde o mês de abril por um período de chuva constante; isso é comemorado pela maioria dos agricultores, que em anos anteriores sofriam por conta da seca. Esse período chuvoso tem alterado o preço de alguns produtos, e na maioria das vezes, o consumidor comemora.

Maria do Carmo mora em Moita Bonita e as vezes vem fazer compras na feira de Itabaiana, ela afirma que alguns produtos, a exemplo do tomate e batatinha estão mais baratos que em tempos atrás.

De acordo com a feirante Jéssica Lima, a maioria dos produtos que vem da região de Itabaiana está com o preço mais em conta, por conta da chuva. “Tomate, batatinha e cebola por exemplo, são plantados por aqui, estão mais barato, custando até metade do preço. Um kg de tomate que se comprava por R$ 3,00, hoje está de R$ 1,50”, conta ela.

Porém, a chuva atrapalha e encarece outros produtos, a exemplo daqueles que, como se diz na linguagem popular, “não gostam de água”. Ainda de acordo com a feirante Jéssica, coentro, alface e couve, por exemplo, estão custando mais caro. “Antes um moio custava R$ 0,50, hoje tá de R$ 1,50”, diz.

Produtos que são trazidos de fora, a exemplo de frutas, que vem em grande parte de Juazeiro estão mais caros. Segundo a feirante Raquel Santana, esse aumento se dá por conta do aumento da gasolina. “Como a maioria das frutas vem de Juazeiro e o preço da gasolina está em constante aumento, isso encarece. Maçã, maracujá e goiaba, por exemplo, estão custando mais caro”, afirma ela.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo