Política

Valmir: “não votarei em Maria Mendonça no próximo ano”

A afirmação foi feita durante entrevista do prefeito em uma emissora de rádio da capital sergipana.
por Redação do Portal Itnet
27/10/2017 09:11h

Durante entrevista concedida ao radialista George Magalhães, na Fan FM de Aracaju, na manhã desta sexta-feira, 27, o prefeito de Itabaiana Valmir de Francisquinho afirmou que “não votará em Maria Mendonça no próximo ano”. Essa decisão se deu depois do resultado da eleição que elegeu Ivoni Andrade para presidir a Câmara de Vereadores no biênio 2019/2020.

Porém, Valmir não afirmou que rompeu com ela, mas que já comunicou ao senador Eduardo Amorim a decisão de não votar mais em Maria em 2018. A respeito da possível candidatura do seu filho Thalysson Costa, o prefeito foi enfático. “Vou colocar o nome dele à disposição do grupo, se eles aceitarem ele será candidato”.

Quando perguntado a respeito das exonerações relativas ao pessoal dos Teles de Mendonça, Valmir afirmou que ainda não exonerou ninguém, e que tudo que for feito será conversado antes.

ENTENDA O CASO: 

Aconteceu ontem, 26, na sessão da Câmara de Vereadores de Itabaiana a votação que elegeu a Mesa Diretora que irá comandar a Casa no biênio 2019/2020. A chapa composta por vereadores da oposição, encabeçada por Ivoni venceu. O que aconteceu foi o seguinte: são nove vereadores da situação e cinco da oposição, porém, a chapa de Ivoni obteve sete votos, ou seja, dois parlamentares da situação votaram na chapa da oposição. 

Os dois vereadores que depois se pronunciaram e afirmaram votar em Ivoni foram José Roberto e João Cândido, ambos apoiados pela Deputada Maria. Porém, tanto eles como Maria afirmaram que ela não interferiu na decisão do voto, e que eles votaram porque acharam mais coerente. O possível rompimento entre Valmir e os Teles de Mendonça está cada vez mais próximo, isso é fato.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo