Política

Câmara de Itabaiana: votação da Lei Orçamentária prevista para 2018 é adiada por falta de quórum na sessão. Entenda

Por conta do regimento interno, era necessária a presença de oito vereadores, mas apenas sete compareceram à sessão.
por Redação do Portal Itnet
16/11/2017 10:27h
Atualizado em 16/11/2017 10:53h

Mais uma vez a sessão da Câmara de Vereadores de Itabaiana vira notícia. Desta vez, o assunto foi o adiamento da votação da Lei Orçamentária prevista para 2018, que foi adiada por falta de quórum. Por conta do regimento interno, era necessária a presença de oito vereadores, mas apenas sete compareceram à sessão.

Os vereadores da oposição Ivoni Andrade, Gustavo Bispo, Sinvaldo Gois, Arivaldo Resende, Paulo Messias e os vereadores da situação João Cândido e José Roberto não compareceram à sessão. De acordo com Gustavo Bispo, líder da oposição, o projeto não foi apresentado com antecedência aos vereadores. “Ficamos sabendo da votação na hora da sessão, e como não tivemos tempo de analisar não podíamos votar a Lei Orçamentária Anual (LOA)”, disse o líder.

Já segundo o líder da situação Marcos Oliveira, “isso foi mais uma artimanha da oposição para prejudicar a gestão do prefeito Valmir de Francisquinho, pois o projeto da LOA já estava há 40 dias disponível para acesso aos parlamentares”. Ainda conforme Marcos, o adiamento da votação prejudica a própria população, já que todas as obras só podem ser realizadas quando a Lei Orçamentária é votada.

Nossa equipe entrou em contato com os dois vereadores da situação que não compareceram, João Cândido e Zé Roberto; não obtivemos êxito em falar com João; já Zé Roberto disse que não compareceu à sessão de hoje por problemas envolvendo a saúde de um familiar. Ele também disse não saber que o projeto seria votado hoje. Segundo Marcos Oliveira, esta é a primeira vez na história que a votação da LOA é adiada na Câmara de Itabaiana.

Por Taís Cristina
Fotos: Alef Andrade/ITweb

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo