Policial

Polícia Civil prende trio acusado de assaltar e atirar em médica em Itabaiana. Saiba os detalhes

Os três jovens foram presos na última terça-feira, 05. O assalto aconteceu no dia 09 de outubro.
por Redação do Portal Itnet
06/12/2017 08:30h

Acusados de participar do assalto e da tentativa de morte contra uma médica em Itabaiana, Diego da Cunha Cardoso Da Silva, o "Carnicinha", 25, Wendel dos Santos, 26, e o ex-presidiário Thiers Marlon Ribeiro Souza, 28, foram presos pela equipe da Delegacia Regional de Itabaiana, coordenada pelo delegado Fábio Santana. Os acusados estavam com preventivas decretadas pela Justiça e foram presos nesta terça-feira, 05, sendo que Diego também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas.

Foto:  Wendel dos Santos, Thiers Marlon Ribeiro  e  Diego da Cunha Cardoso Da Silva.

O assalto à médica aconteceu no dia 09 de outubro na avenida Dr. Luiz Magalhães. A informação é que a vítima trafegava pela via no veículo Volvo XC50 e ao parar no semáforo, próximo ao Hospital Regional Pedro Garcia Moreno, foi surprendida por dois homens em uma moto, tendo um deles efetuado um disparo que atingiu a janela do carro e alvejou a médica na mão. Quando o sinal abriu, a vítima seguiu em direção ao hospital na tentativa de conseguir ajuda, mas foi perseguida pelos criminosos, que aos gritos exigiram que ela entregasse a bolsa. Depois que a vítima entregou os pertences, a dupla fugiu.

O caso foi comunicado à Polícia e a equipe da Delegacia Regional de Itabaiana iniciou as investigações. Com o apoio da comunidade que passou informações de forma anônima e através da análise de imagens de câmeras de segurança, os policiais chegaram à identificação e prisão dos suspeitos. Pelo que ficou esclarecido Diego conduzia a moto, enquanto Wendel estava na garupa e efetuou os disparos contra a médica. Já Thiers, que é primo da companheira de Wendel, teria sido o responsável por articular a ação criminosa. Thiers é ex-presidiário e respondeu a processo por latrocínio. Enquanto Diego e Wendel respondem a processos por tráfico.

Por SSP/SE

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo