Policial

Polícia Civil identifica dois homens acusados de participarem do latrocínio contra PM em Areia Branca

O latrocínio aconteceu na sexta-feira, 29, em frente à residência da vítima, no momento em que ele lavava o carro.
por Redação do Portal Itnet
03/01/2018 07:53h

A Polícia Civil de Areia Branca, sob o comando do delegado Cleone Santos identificou dois dos quatro acusados de serem os autores do latrocínio que vitimou o capitão reservado da Polícia Militar Adilson Bispo Nunes, de 51 anos. O crime aconteceu na sexta-feira, 29, em Areia Branca. Foram identificados: Valdeilson Luiz dos Santos, conhecido por Dedé e Wellington Santos Vieira, conhecido por Satanás. Os dois estão foragidos.

De acordo com as investigações feitas pelo delegado, quatro homens em um veículo Frontier realizaram um assalto na Barra dos Coqueiros e em seguida se dirigiram ao município de Areia Branca, onde abordaram o PM no momento em que ele lavava o carro e roubaram a sua ponchete, onde estavam a sua arma de fogo e alguns documentos. Em seguida efetuaram disparos em direção ao capitão, que não resistiu e veio a óbito.

Os quatro homens estavam armados com uma pistola e dois revólveres. A Polícia Civil segue em busca de encontrar os dois suspeitos já identificados e os outros dois que estavam com eles. Ainda segundo o delegado, Dedé e Satanás também participaram do assalto ao Parque dos Falcões, em novembro do ano passado.

Dedé e Wellington, os dois suspeitos identificados

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo