Policial

Acusados de serem os autores do latrocínio contra PM em Aracaju se entregam, entre eles, um menor de idade

O crime aconteceu quando o PM estava em frente à sua residência, localizada no bairro Veneza, em Aracaju.
por Redação do Portal Itnet
15/01/2018 08:23h
Atualizado em 15/01/2018 13:09h

Na tarde do último sábado, 13, policiais civis do Departamento de Crimes contra o Patrimônio (Depatri) efetuaram a prisão de Glaziel Inácio dos Santos, mais conhecido como “Gueu”, de 21 anos, e apreenderam um adolescente de 15 anos, acusados de serem os autores do latrocínio que vitimou o sargento da PM Gilson Alves Sousa, ocorrido na manhã da última quinta-feira, 11, no bairro Veneza, zona norte de Aracaju. A dupla foi detida após se apresentar em um fórum localizado na capital. O menor foi o autor do disparo.

A ação é resultado do trabalho investigativo das equipes do Depatri, com o apoio de agentes do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), além de contar também com a participação de equipes da Polícia Militar na execução das atividades.

Gueu, acusado de participar do crime. Foto: SSP/SE

 

De acordo com a delegada do Depatri, Juliana Alcoforado, desde a constatação do crime, várias equipes iniciaram diligências no intuito de colher informações que pudessem chegar à identificação e autoria do latrocínio “Com os nossos agentes em campo, além do apoio das equipes do Cope e da Polícia Militar, conseguimos ter acesso a imagens de câmeras de segurança próximas ao local que registraram toda a movimentação da dupla. Após a análise desse material, chegamos à identificação da dupla, e isso acabou auxiliando na prisão dos autores”, disse a delegada.

Tanto Glaziel Inácio quanto o jovem de 15 anos se entregaram em um fórum localizado na zona oeste de Aracaju. A dupla foi encaminhada ao Depatri, onde foi ouvida pela delegada Juliana Alcoforado. Em depoimento, ambos confessaram o crime, alegando que queriam roubar o veículo pertencente ao sargento da PM. “Colhido os depoimentos, demos cumprimento aos mandados de prisão e de internação provisória expedidos pelo Poder Judiciário”, ressaltou a delegada.

Ainda segundo ela, ambos residem no loteamento Novo Horizonte, município de Nossa Senhora do Socorro, mesmo local onde o veículo subtraído da vítima foi recuperado.

Por SSP/SE

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo