Policial

Papiloscopistas do Instituto de Identificação possibilitam reencontro entre pai e filho

Através de notícia publicada no site e redes sociais, pai e filho se reencontraram
por Redação do Portal Itnet
27/01/2018 10:42h

Por SSP/SE

Foi a partir de um acionamento realizado por uma unidade de saúde da capital que papiloscopistas do Instituto de Identificação de Sergipe foram além da descoberta da real identificação de uma pessoa. A partir do trabalho de checagem documental e das digitais de um paciente que havia dado entrada na Unidade de Pronto Atendimento Nestor Piva, os profissionais foram peças fundamentais no reencontro entre pai e filho. Erinaldo de Souza e Cristiano Santos Souza não se encontravam há mais de oito anos.

               Erinaldo de Souza ( Pai)                                                                                Cristiano Santos Souza  (Filho)                 

A papiloscopista Gisely Roberta explicou que a equipe da unidade hospitalar recebeu um paciente que não portava nenhum documento de identificação e acionou o Instituto de Identificação de Sergipe a fim de tentar chegar às informações como o nome, filiação e o local de origem. "No dia 15 de janeiro nós fomos acionados pelo serviço social do Hospital Nestor Piva para fazer a identificação de um paciente que até então estava como indigente. Nós nos dirigimos ao hospital, fizemos a coleta das impressões digitais, foi feita uma busca pelo arquivo manual e encontramos as fichas com as impressões coincidentes com a do paciente", detalhou.

Gisely citou ainda que o reencontro foi possível após o êxito no trabalho de checagem da documentação do instituto e da publicação da notícia sobre a identificação de um paciente que estava internado em uma unidade de saúde. "A partir do momento que conseguimos identificar, emitimos um documento e encaminhamos ao serviço social do hospital e passamos todos os dados para a Assessoria de Comunicação da SSP, que publicou uma matéria. Um amigo do pai de Cristiano viu a notícia e o contatou perguntando se conhecia o rapaz da foto e ele confirmou que era o filho dele. A partir desse momento, ele entrou em contato conosco e o levamos ao hospital para encontrar o filho", complementou.

O reencontro

O pai, o Senhor Erinaldo, contou que fazia muito tempo que procurava pelo filho sem sucesso, mas que com a ajuda dos profissionais do Instituto de Identificação conseguiu vê-lo novamente e comemorou a evolução no quadro de saúde do filho. "Há oito anos que eu não conseguia vê-lo e agora que um colega meu mostrou [a foto que estava em uma rede social da SSP] eu estou muito agradecido. Graças a Deus ele vai se recuperar e agradeço muito, de todo o coração, o que vocês fizeram. Se não fosse vocês também ficava difícil. Estou feliz que ele reagiu, por que não estava interagindo; e ficará bom com fé em Deus", celebrou emocionado.

Instituto de Identificação

A papiloscopista destacou também que o Instituto de Identificação está à disposição para realizar o trabalho de busca ou identificação da identidade de algum parente ou familiar, que pode contribuir para novos reencontros entre pessoas próximas, mas que por algum motivo acabaram se distanciando do convívio. "Em caso de algum parente ou ente querido desaparecido pode ir ao Instituto de Identificação, procurar Jenilson ou Paula Pinho, que são as pessoas responsáveis por essa demanda, e levar o documento, se tiver; ou ainda que essa pessoa não tenha documento, mas tenha sido identificada em Sergipe, eles podem conseguir os dados, localizar e fazer o reencontro com a família", ressaltou.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo