Saúde e Ciência

Oito municípios sergipanos estão com alto risco de infestação por Aedes Aegypti. Três são da região Agreste

por Redação do Portal Itnet
27/01/2018 12:57h

A Secretaria de Estado da Saúde, através do seu Núcleo de Endemias divulgou ontem, sexta-feira, 26, o primeiro Levantamento Rápido do Índice de infestação pelo mosquito Aedes Aegypti, (LIRAa), transmissor da dengue. Oito municípios do estado apresentam alto risco de infestação, sendo três na região do Agreste, Pedra Mole, Macambira e São Domingos. Além também de Riachão do Dantas, Capela, Itabaianinha, Siriri e Tomar do Geru.

Estes municípios citados apresentam índice de infestação a partir de 3,9%, considerado alto. Além destes, 42 municípios apresentam médio risco e 24 apresentam baixo risco. O único município que não enviou informações foi Canindé de São Francisco, no Sertão. Os dados foram colhidos no mês de janeiro.

O que é o LIRAa?

LIRAa é o Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes Aegypti, realizado a cada início de ciclo epidemiológico, que ocorre a cada dois meses. Feito por amostragem, o objetivo do levantamento é o de monitorar a presença do mosquito nos municípios e subsidiar os gestores no trabalho de combate ao Aedes.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo