Saúde e Ciência

Você conhece a dieta Low Carb? Saiba o que ela tem de diferente das outras dietas

por Redação do Portal Itnet
06/02/2018 15:05h
Atualizado em 06/02/2018 11:06h

Você conhece a dieta low carb? Esse tipo de dieta propõe uma redução significativa da quantidade de carboidrato. Em uma dieta normal, por exemplo, este macro nutriente corresponde, em média, a 55% do total da ingestão diária, enquanto na low carb esse percentual varia de 45 a apenas 5%. 

Outra característica desse tipo de dieta é a ingestão de alimentos integrais (fontes de fibra), além do aumento da ingestão de proteínas e de gorduras boas. Quando ingerimos muitos carboidratos simples como arroz branco, pão e açúcar, a glicose sanguínea tende a aumentar, e, se não utilizada, esta glicose é armazenada em forma de gordura.

Por outro lado, ao optarmos pela ingestão de alimentos de baixo índice glicêmico (alimentos integrais), a digestão é mais lenta, com a absorção também lenta dos nutrientes, sem pico ou armazenamento de glicose (açúcar) pelo organismo. Nestes casos, quando nosso organismo apresenta quantidade reduzida de glicose sanguínea, o corpo é “obrigado” a utilizar a gordura corporal como sua principal fonte de energia, fato que auxilia a tão sonhada perda de peso corpóreo.

Para realizar este tipo de dieta o mais importante é estabelecer a quantidade de carboidrato diário, que muitas vezes não ultrapassam as 20 gramas. Em seguida, deve-se optar pelos alimentos descritos abaixo:

·               Frutas de baixo índice glicêmico: abacate, morango, melão, coco, laranja com bagaço, tangerina. Essas frutas também podem ser consumidas associadas a fibras como chia e linhaça.
·               Vegetais: Abobrinha, brócolis, acelga, couve, chuchu, vagem, alface, cebola, alho, pepino, rúcula, couve-flor.
·               Proteínas de alto valor biológico: Carnes magras, peixes, ovos, leites e derivados e whey isolado.
·               Gorduras boas: Azeite, oleaginosas (castanha, nozes, amêndoas, avelãs, sementes em geral, abacate, óleo de coco).
·               Bebidas boas: café, chás sem açúcar e água.

A dieta low carb apresenta alguns benefícios, dentre eles:

·               Melhora o funcionamento do intestino, por causa da maior ingestão de fibra alimentar;
·               Baixa os níveis de colesterol e triglicerídeos;
·               Aumenta o colesterol bom (HDL);
·               Ajuda a emagrecer;
·               Previne diabetes;
·               Proporciona saciedade;
·               Diminui a vontade de comer doce;
·               Acelera o metabolismo pela presença das proteínas.

Vários estudos apontam efeitos benéficos na utilização de dietas restritas em carboidratos. No entanto, não existe recomendação estabelecida para este tipo de dieta. A redução do carboidrato em percentual menor do que 40% das necessidades diárias de uma pessoa pode promover, de fato, o emagrecimento. Entretanto, o resultado não será  um “emagrecimento saudável” e poderá implicar em vários problemas de saúde. 

Sendo assim, a dieta balanceada convencional continua sendo a forma mais segura no tratamento dietético para perda de peso, pois ainda não se podem antever os danos que a dieta pobre em carboidratos pode causar ao organismo em longo prazo. Caso deseje realizar esse tipo de dieta, procure a orientação de um profissional nutricionista.

Por Aline Rezende, Nutricionista

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo