Saúde e Ciência

Hemose convida doadores para repor estoques dos sangues A, O, B e Ab positivo e negativo

O Hemose está com a demanda por transfusão maior do que, as doações que a unidade vem realizando.
por Redação do Portal Itnet
09/05/2018 16:05h

Em função do aumento da demanda transfusional na rede hospitalar, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), unidade da Fundação de Saúde Parreiras Horta (FSPH) que integra a Rede Estadual de Saúde, convida os doadores de sangue, para colaborar com a reposição dos estoques de todos os grupos sanguíneos: A, O, B e Ab, positivo e negativo.

De acordo com dados do serviço de Coleta de Sangue o número de doadores voluntários que compareceram ao serviço neste início de semana está muito abaixo da média regular. Na segunda-feira, dia 7, foram coletadas 79 bolsas e nesta terça-feira, 8, no período da manhã, coletou apenas 25 bolsas. “O Hemose está com a demanda por transfusão maior do que, as doações que a unidade vem realizando”, analisa a gerente do setor, Florita Aquino.

Ela lembra que o sangue é utilizado para os atendimentos de urgências, combater hemorragias, e o tratamento de pacientes oncológico e com diagnóstico de anemia hereditária, que necessitam de transfusões sanguíneas frequentes. “A depender da prescrição médica esse é um público que faz uso do sangue ou um dos seus hemocomponentes, até duas vezes por semana, por isso que é importante a solidariedade dos familiares e dos doadores fidelizados”, alerta a enfermeira.

Conforme ainda a gestora o paciente com câncer, por exemplo, necessita de transfusões de plaquetas, componente do sangue que têm vida útil de apenas cinco dias. Para atender as demandas, o serviço de captação do Hemocentro de Sergipe convoca doadores aptos para doações de plaquetas. “A plaqueta é um elementos do sangue que atua na coagulação, e, atende pacientes em tratamento de leucemias e quimioterapia”, explica.

Para doar sangue, o cidadão precisa estar em bom estado de saúde, ter entre 16 a 69 anos de idade, pesar acima de 50 quilos e apresentar um documento de identificação com foto, válido em todo território nacional. Pode ser a carteira de identidade, de motorista ou a carteira de trabalho. Menor de 18 anos só pode doar sangue, mediante apresentação do termo de autorização assinado pelos  pais ou responsável legal.

No dia da doação é necessário comparecer ao serviço bem alimentado, durante o ato é coletado de 300 até 450 ml de sangue. Além disso, o doador deve dormir pelo menos seis horas na noite anterior à doação e deve evitar fumar e ingerir bebidas alcoólicas, nas 12 horas que antecede a coleta de sangue. Mais informações através dos telefones: (79) 3225-8000, 3225-8039 e 3259-3174.

Por: SES

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo