Policial

Operação Rubicão: empresário confessa ter dado apoio a um dos homens que teve participação na morte do Capitão Oliveira

O empresário foi preso com mais duas pessoas no município baiano de Barreiras. Além deles, oito suspeitos de participação morreram durante confronto.
por Redação do Portal Itnet
22/05/2018 11:20h

O empresário Marcones Silva Lima, preso durante a Operação Rubicão, desencadeada pelo Complexo de Operações Policiais Especiais de Sergipe (Cope), que investiga a morte do Capitão Oliveira, disse em depoimento que deu apoio a um dos homens que teve participação na morte do PM.

Foto: reprodução / SSP

 

 Marcones foi preso em Barreiras (BA), durante a operação, juntamente com outras duas pessoas. 

O homem que recebeu apoio do comerciante foi Jackson dos Santos, um dos oito envolvidos no crime mortos em confronto com a Polícia na última sexta-feira, 18, durante a operação, realizada na Bahia e em Sergipe. Jackson e o pai, também morto no confronto estavam escondidos no município baiano de Barreiras, onde o empresário Marcones foi preso.

Em depoimento, ele disse que o pai de Jackson contou a ele o que o filho tinha feito. "O que esse menino fez é um milhão de vezes maior do que o que eu já fiz na vida", e contou que ele teve envolvimento na morte do PM.

Todos os detalhes da Operação Rubicão serão repassados pela Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE) amanhã, 23, a partir das 08 hs, durante coletiva de imprensa que acontecerá na Acadepol. A SSP acredita que a morte do Capitão Oliveira mantém relação com um trabalho contra a pistolagem na Região Norte da Bahia e Alto Sertão de Sergipe. 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo