Concursos

Desembargador suspende liminar e determina continuidade do concurso da PM

Datas das próximas fases serão divulgadas em breve pela organizadora do concurso
por Redação do Portal Itnet
10/08/2018 17:17h

Por SSP/SE.

A Secretaria da Segurança Pública informa que o concurso público para provimento ao cargo de Soldado de 3ª Classe da Polícia Militar do Estado de Sergipe seguirá com a realização das demais fases previstas no edital nº 04/2018.

A decisão foi proferida nesta sexta-feira, 10, pelo desembargador Roberto Eugênio da Fonseca Porto, em resposta à liminar que suspenderia o certame, concedida pelo juiz da 1ª Vara Criminal do município de São Cristóvão, Manuel Costa Neto.

O documento recente destaca que “não existem, neste momento, elementos suficientes para descaracterizar a legitimidade da concorrência pública iniciada”. Além disso, a decisão “reconhece a existência da tentativa de fraude realizada por alguns candidatos, mas que foram coibidas pela instituição responsável pelo concurso com o apoio da Polícia Militar”.

Por conta da nova decisão, em breve o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) e a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) informarão aos candidatos as datas das próximas provas do concurso para os candidatos aprovados nessa primeira fase do certame.

Entenda o caso

Em auditoria realizada após a prova do concurso realizado no último dia 1º de julho para provimento ao cargo de Soldado de 3ª Classe, a banca examinadora constatou que 23 candidatos acertaram e erraram as mesmas questões. Por segurança, essas pessoas foram desclassificadas do concurso por suspeita de fraude.

Além disso, dois homens foram presos em flagrante no mesmo dia da aplicação da referida prova. Um deles foi submetido a exame de raio-x onde foi detectado um aparelho de celular escondido dentro de um gesso que protegia o braço esquerdo. O outro estava com um aparelho celular colado com fita embaixo da mesa da prova. O caso foi investigado pela delegada Rosana Freitas, da Delegacia de Defraudações, que encaminhou inquérito ao Poder Judiciário e aguarda resultados de perícias em dois celulares.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo