Cidade

Polêmica na Câmara: vereadores de Itabaiana se exaltam e discutem durante sessão. Ouça o que eles disseram pós confusão

A discussão referiu-se à aprovação de uma Moção de Repúdio na sessão passada, na terça, 02.
por Redação do Portal Itnet
04/10/2018 11:20h
Atualizado em 04/10/2018 12:02h

O clima esquentou hoje na Câmara de Vereadores de Itabaiana! Tudo por conta da aprovação de uma Moção de Repúdio de autoria do vereador Waguinho de Leitoa, que se solidarizou ao colega vereador Carlos Vágner. A moção foi aprovada na sessão da terça, 02, mas a confusão aconteceu hoje. Entenda:

A moção aprovada refere-se ao caso de áudios veiculados no mês passado por alguns comunicadores informando que o vereador Carlos Vágner havia sido preso e estava sendo levado à Polícia Federal, porém isso não aconteceu. Waguinho, autor da moção, disse que repudia este tipo de notícia e por isso resolveu fazê-la.

A aprovação do projeto se deu por metade nos vereadores mais 1, ou seja, maioria simples. O vereador João Cândido constatou e disse que a aprovação deveria se dar por 2/3 dos vereadores. Porém, ela foi aprovada, de acordo com o regimento interno, que prevê que no caso de moção é necessário apenas a maioria simples.

Na sessão de hoje a vereadora Ivoni retomou o assunto da aprovação por 2/3 e foi apoiada por outros vereadores da oposição. Depois disso a confusão teve início e o vereador Gustavo Bispo, que estava compondo a mesa como 1º secretário discutiu com o presidente em exercício Marcos Oliveira e também com o vereador Roosevelt Santana. Outros vereadores entraram na confusão. 

Ouça o que os envolvidos disseram à nossa equipe pós confusão:

Vereador Waguinho de Leitoa:

Vereador Marcos Oliveira:

Vereador Roosevvelt Santana:

Vereador Gustavo Bispo:

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo