Política

Pesquisa eleitoral? A melhor é depois da eleição encerrada

As pesquisas na véspera da eleições apresentaram números diferentes do que se viu nas urnas
por Redação do Portal Itnet
08/10/2018 14:46h

Mais uma vez vários institutos de pesquisas erraram feio em Sergipe. Na véspera e na ante véspera do pleito, o que se viu foram institutos apontando uma disputa acirrada entre Belivaldo Chagas (PSD) e VALADARES (PSB), enquanto que Eduardo Amorim aparecia na terceira colocação com uma diferença de mais de 10%, praticamente sendo descartado em um possível segundo turno.

A diferença entre as amostras das pesquisas e o resultado foi completamente diferente. Belivaldo disparou na frente com mais de 400 mil votos e um percentual de 40,84% dos votos. Na dianteira, Valadares e Eduardo brigaram voto a voto para a disputa de um segundo turno. A diferença entre ambos foi de menos de 9 mil votos e um percentual de 1% em favor de Valadares, mostrando mais uma vez que as pesquisas deram uma estimativa da realidade totalmente inversa do que se confirmou na apuração.

Para o senado o fato voltou a se repetir e os institutos de pesquisas apontavam na véspera de eleição a vitória de Valadares (PSB) e de André Moura (PSC), mas o que o eleitor viu após o fechamento das urnas foi ainda mais gritante: Uma vitória folgada e expressiva do Delegado Alesandro Vieira (REDE) e na segunda colocação Rogério Carvalho (PT), mesmo com a maioria dos institutos não o tendo colocando nem mesmo entre os 5 colocados gerais.

A constatação que fica é a de que, com estes cenários completamente contrários do que as urnas mostraram, talvez o resultado para o Governo e para o Senado pudessem ter sido diferentes.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo