A operação Faroeste Caboclo ocorreu nos municípios de Campo do Brito, Macambira e São Domingos.

Os três homens que morreram em confronto com a polícia durante a realização da operação Faroeste Caboclo ontem, 05, na região Agreste tinham 19, 21 e 27 anos.

Eles foram identificados como: Alan Eduardo da Silva Cruz, 19; Johnny Matheus Souza Santos, 21 e João Marcos Cruz Sousa, de 27.

A operação Faroeste Caboclo ocorreu nos municípios de Campo do Brito, Macambira e São Domingos, sob o comando do delegado Wilkson Vasco e da 1ª Companhia do 3º Batalhão de Polícia Militar (1ª Cia/3º BPM) e contou com o apoio de forças policiais civis e militares de todo o estado, inclusive o Grupamento Tático Aéreo (GTA).

O objetivo da operação foi cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão de envolvidos com o tráfico de drogas e homicídios. Um grupo criminoso que atuava no tráfico de drogas na região foi desarticulado.

De acordo com as investigações, o grupo era responsável pela venda de drogas em Itabaiana, Lagarto, Frei Paulo, Ribeirópolis e também Nossa Senhora da Glória.

Durante as diligências policiais, treze pessoas foram presas e os três suspeitos citados acima entraram em confronto no município de São Domingos e acabaram não resistindo.

Segundo o delegado Wilkson Vasco, a investigação obteve três vídeos com investigados ostentando armas de fogo. Em um deles, um investigado atira diversas vezes para o alto. O vídeo foi usado, por ele, a fim de confirmar a veracidade de suas ameaças e vingar a morte de um dos assassinados na luta pelo ponto de drogas.

Confira aqui todas as informações sobre a operação.