CORONAVÍRUS: Sergipe tem mais de 800 pacientes internados e bate recorde desde início da pandemia

Em 16 de julho de 2020, a SES registrava um recorde no número de internações: 764 pessoas; o número foi superado na última quarta-feira, 24.

Na última quarta-feira, 24, Sergipe teve o dia com o maior número de internados por coronavírus, desde o início da pandemia. 820 pessoas estiveram internadas, em leitos de UTI ou enfermaria, nas unidades de saúde do estado, das redes pública e privada.

Até então, o maior número de internações tinha sido registrado no dia 16 de julho de 2020, quando segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), 764 pessoas estavam internadas, tendo este sido superado na última quarta.

Segundo a Vigilância em Saúde da SES, os números são preocupantes e estão relacionados à alta transmissibilidade do vírus e a baixa adesão da população às medidas restritivas como causas do cenário crescente de casos, internações e óbitos.

“Observamos que temos novas variantes circulando e isso tem derivado em uma transmissão mais intensa, em um cenário em que as pessoas seguem menos as medidas de distanciamento social e até tentam burlar as regras e os decretos, o que favorece a disseminação do vírus. As novas linhagens alcançam mais pessoas, fazendo mais pacientes graves que precisam de internamento, além de mais óbitos”, apontou o diretor Marco Aurélio Gois.

ÚLTIMO BOLETIM:

De acordo com o boletim divulgado na noite de ontem, 26, pela SES, no momento há 808 pacientes internados, sendo 388 em leitos de UTI e 420 em enfermarias. 9.862 pacientes estão em isolamento domiciliar.

Em Sergipe, 170.413 pessoas já testaram positivo para a Covid-19 e 3.389 morreram. Até o momento, 156.354 pacientes foram curados.