Mês de março encerrou com 540 mortes por coronavírus em Sergipe. Número só é menor que o de julho de 2020

No mês de julho do ano passado, o mês mais letal, 758 mortes foram registradas.

O mês de março, que encerrou ontem foi o segundo mês mais letal em Sergipe desde o início da pandemia. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), 540 pessoas morreram no mês em decorrência do coronavírus.

Em julho do ano passado, o mês mais letal da pandemia no estado, 758 mortes de pacientes foram registradas em apenas um mês.

No mês de fevereiro deste ano, 183 pessoas faleceram em decorrência da doença; em janeiro foram 100 a mais: 283.

A nova alta em óbitos pode estar associada à presença da variante brasileira do coronavírus, a P 1, que já circula no estado de forma comunitária, e foi identificada em amostras analisadas pela Fiocruz.

Segundo o governador Belivaldo Chagas, as medidas de restrição, incluindo o toque de recolher, adotadas nas últimas semanas contribuirão para a redução destes óbitos, bem como das taxas de ocupação de leitos de UTI e enfermaria. Essas reduções deverão ser percebidas, segundo o governador, nos próximos dias.

CORONAVÍRUS:

De acordo com o boletim de ontem, 31, da SES, foram registrados 907 novos casos do coronavírus e 23 mortes que estavam em investigação e foram confirmadas.

Em Sergipe, 174.600 pessoas já testaram positivo desde o início da pandemia e 3.501 morreram. Até o momento, 158.658 pacientes foram curados.

No momento, 806 pacientes estão internados e 11.635 cumprem o isolamento domiciliar.