Ele se recuperava em casa, de algumas sequelas provocadas pelas agressões.

Foto: reprodução/TV Sergipe

Faleceu na última terça-feira, 13, o caminhoneiro de Itabaianinha, Evilásio Santos, que fazia tratamento em casa para se recuperar de sequelas provocadas por agressões sofridas durante uma briga no estado de São Paulo, no ano passado, quando ele estava viajando.

De acordo com a família, Evilásio passou mal, chegou a ser socorrido e levado a uma unidade hospitalar, mas não resistiu.

O CASO:

Em fevereiro do ano passado, Evilásio se envolveu numa briga, quando estava em viagem para buscar uma carga, no município de Ferraz de Vasconcelos (SP). Ele foi encontrado bastante ferido, foi internado num hospital na cidade paulista e ficou em coma induzido.

No mês de agosto, o caminhoneiro foi trazido para Sergipe por uma aeronave do GTA, visto que a sua família buscou contato com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), que deu o suporte necessário à transferência.

Ao chegar em Sergipe, Evilásio foi internado no Hospital Regional de Estância, onde passou alguns dias e depois foi levado para casa, para continuar a sua recuperação, mas na última terça, o caminhoneiro acabou falecendo.