Faleceu neste sábado (17), em decorrência de complicações da Covid-19, a sargento do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe (CBM/SE) Luciana Andrade da Cunha, de 41 anos. Ela estava internada em um hospital particular de Aracaju há 19 dias. A informação foi confirmada pela corporação.

A sargento Luciana ingressou na carreira em 29 de julho de 2002 e atualmente estava lotada no Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp).

Essa é a segunda morte de militar sergipano em menos de 48h, vítima da Covid-19. Nessa sexta-feira (16), a Polícia Militar confirmou a morte do coronel William Vasconcelos, comandante do Centro de Ensino e Instrução da PM e que também já havia atuado como diretor do Ciosp.

O comando do CBM divulgou uma nota de pesar por meio das redes sociais e lamentou a perda.

“O comando do Corpo de Bombeiros Militar do Estado Sergipe (CBMSE), bem como toda a família bombeiro militar, se solidariza com os familiares e amigos pelo falecimento da sargento BM Luciana Andrade da Cunha… Profissional dedicada e bastante querida por todos”, diz a nota.

Luciana era casada e não tinha filhos. O corpo dela será sepultado no cemitério do povoado Rio das Pedras, no município de Itabaiana, Agreste do estado, no final da tarde.

Antes de deixar a capital, o cortejo passou em frente ao quartel do CBM, onde foram realizadas homenagens.