Vítima foi encontrada desacordada em uma região escura no Bairro Anízio Amâncio, por volta das 20:20h.

A Polícia Civil de Itabaiana, através do Departamento de Apoio aos Grupos Vulneráveis (DAGV), comandado pela delegada Lorena Rocha já iniciou as investigações para apurar o estupro ocorrido na última sexta-feira, 16.

A vítima, uma adolescente foi encontrada desacordada por volta das 20:20h, em uma região escura no Bairro Anízio Amâncio, no final da Av. Nivalda Lima Figueiredo.

Um entregador de delivery passou pelo local e viu a vítima desacordada e seminua. Ele acionou a Polícia Militar, que se dirigiu à localidade e viu que a adolescente estava com um sangramento e um pedaço de madeira na região íntima.

Com o auxílio de uma policial mulher, a equipe conduziu a vítima até o Hospital Regional de Itabaiana, onde ela acordou e disse que só lembrava que duas pessoas haviam dado uma pancada em sua cabeça e depois disso não lembrava de mais nada.

De acordo com Lorena Rocha, delegada do DAGV, a garota foi encaminhada à Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, em Aracaju e em seguida foi levada ao Instituto Médico Legal (IML), onde foram realizados exames periciais.

Após isso, a adolescente foi ouvida, entregue à família, em Ribeirópolis e as diligências tiveram início, por parte do DAGV.

“Nós traçamos uma linha de investigação e as diligências estão prosseguindo, no sentido de dar uma solução no prazo mais breve possível. Como é um caso delicado, a gente procura sempre manter o sigilo em torno das investigações, para não prejudicar a busca das provas e identificar a autoria”, disse a delegada.

Ainda segundo ela, a investigação a partir de agora será feita pelo delegado Gregório Bezerra, que está à frente da delegacia de Ribeirópolis.