Williston Augusto, de 18 anos, estudante de escola pública passou em 1º lugar entre os candidatos autodeclarados negros, pardos e indígenas.

Dentre tantos estudantes aprovados no Sisu na última sexta-feira, 16, um sergipano chamou a atenção: Williston Augusto, de 18 anos, estudante de uma escola pública estadual de São Miguel do Aleixo, no Agreste do estado, que tem cerca de 4 mil habitantes passou em 1º lugar em Medicina na Universidade Federal de Sergipe (UFS), entre os candidatos autodeclarados negros, pardos e indígenas.

Williston passou a ser notícia nos principais portais do estado e na última terça-feira, 20, esteve na TV Itnet e me concedeu uma entrevista super bacana.

O mais novo universitário falou sobre os seus sonhos, as dificuldades enfrentadas por conta do ensino remoto na pandemia, a expectativa para o início do curso, a felicidade de seus familiares e a repercussão de sua aprovação em São Miguel do Aleixo e toda a região.

Williston serve de inspiração para muitos outros sergipanos e brasileiros. Assim como muitos jovens, ele vê no estudo a oportunidade de conquistar um futuro melhor e ajudar a sua família. O primeiro passo ele já deu, que foi a dedicação para o Enem; os próximos virão a partir de agora, com a sua entrada na UFS.

Ao fim, ele deixou uma mensagem para aqueles estudantes que não conseguiram ser aprovados este ano, motivando estes a continuarem acreditando em seus sonhos e buscando realizá-los.

Confira a entrevista completa: