Ele era presidente do PRTB e havia disputado vários cargos, entre eles, o de Presidente da República.

Morreu na noite da última sexta-feira, 23, o político brasileiro Levy Fidelix. Ele estava internado num hospital particular de São Paulo, tratando o coronavírus, desde o mês de março.

A família ainda não confirmou a causa da morte, mas muitos veículos estão noticiando que ele morreu em decorrência do coronavírus.

Levy, natural de Mutum (MG) foi o fundador e presidia o Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB). Através de nota, o partido lamentou a sua morte: “Descanse em paz, homem do Aerotrem”.

Levy ficou conhecido nacionalmente após ser candidato a Presidente da República, nos anos de 2010 e 2014. Ele tinha um jeito polêmico e irreverente e também disputou outras oito eleições, mas não obteve êxito em nenhuma.

O ano passado ele concorreu ao cargo de prefeito de São Paulo e obteve pouco mais de 11 mil votos.

O político ficou conhecido como “Homem do Aerotrem”, pois tinha um projeto de fazer um trem-bala entre Campinas, São Paulo e o Rio de Janeiro.

Levy também já atuou como jornalista e publicitário. Ele deixa esposa e uma filha.