A Federação Sergipana de Futebol (FSF) decretou luto de três dias em respeito à memória do profissional.

Semana difícil para o jornalismo esportivo em Sergipe. Mais um radialista faleceu em decorrência do coronavírus.

Foto: FSF

Morreu hoje, 05, Porfírio Ribeiro Neto, aos 70 anos, conhecido carinhosamente como “Popó da Gávea”, nascido em Itabuna (BA), mas sergipano de coração e de alegria.

Além de radialista, Popó também trabalhou como treinador de futebol, e comandou o Confiança e o Sergipe, sendo campeão com os dois times, e ainda o América de Propriá, conquistando também o título.

A Federação Sergipana de Futebol (FSF) lamentou o falecimento de Popó e decretou luto de três dias em respeito à sua memória; a FSF ainda anunciou que nas partidas de hoje e amanhã, semifinais do Sergipão 2021, os jogadores farão um minuto de silêncio, como homenagem a Popó. Descanse em paz!

Na última segunda-feira, 03, faleceu o radialista Chico Pinto, também em decorrência do coronavírus.