Nos destroços do monomotor retirados do mangue, nenhum vestígio do piloto foi encontrado.
Foto: redes sociais

Os bombeiros retomaram nesta manhã, a procura pelo piloto Adriano Leon, de 32 anos, que conduzia o monomotor que caiu por volta do meio dia de ontem, 06, numa região de mangue entre os bairros Coroa do Meio e Atalaia, em Aracaju.

Após o andamento das buscas existe a esperança de que Adriano tenha sobrevivido ao acidente aéreo, visto que em todas as partes da aeronave retiradas do mangue, nenhum vestígio do piloto foi encontrado. De acordo com os bombeiros, uma porta do monomotor estava aberta.

“Vamos verificar todas as regiões próximas ao mangue e fazer escavações. Vamos utilizar cães farejadores e três drones para auxiliar nessa busca para ter uma amplitude maior da busca”, disse o comandante da Defesa Civil da capital, major Sílvio Prado, que considera que o piloto está desaparecido.

Para os profissionais que estão trabalhando na operação, a morte de Adriano só será confirmada se o corpo dele for encontrado; enquanto isso não ocorre, ele continua desaparecido.

De acordo com informações do Jornal da Fan, a esposa do piloto acredita que ele está vivo, pois ela ligou para o celular dele e estava chamando. Ela chegará hoje em Sergipe.

Os trabalhos das equipes seguem em andamento.