O crime ocorreu no dia 05 de abril deste ano.

Policiais civis lotados na Delegacia de Nossa Senhora das Dores deram cumprimento, na tarde da última quinta-feira, 06, a três mandados de prisão temporária decorrentes da investigação do homicídio que vitimou Clésio Jesus Santos, no dia 5 de abril deste ano, no bairro Cruzeiro das Moças.

Na ação policial foram presos: Rafael Nascimento Silva, conhecido como “Iéie”, Celso Moisés Oliveira dos Santos e  Rosinaldo Bispo dos Santos.

De acordo com a delegada Maria Zulnária, as investigações apuraram que o ponto de partida para o crime foi quando a vítima se envolveu numa briga em bar localizado no bairro Campo Velho, onde estava acompanhada de um amigo. “A briga teria sido iniciada por motivo fútil e a vítima havia trocado agressões físicas com os suspeitos Rafael Nascimento e Rosinaldo Bispo dos Santos”, detalhou.

O procedimento investigativo também apurou que o crime foi praticado duas horas depois da discussão. “A polícia concluiu que, cerca de duas horas após a discussão, os suspeitos aguardavam a vítima em uma estrada de chão e a agrediram com murros, chutes e golpes, utilizando um pedaço de madeira, até ele cair na estrada, já sem vida”, complementou a delegada Maria Zulnária.

Ainda conforme a investigação, um dos suspeitos confessou a prática do crime. Na ação policial, foi apreendido, em poder de um deles, vestes que confirmam as imagens captadas pelas câmeras de segurança do município. “As investigações seguem para apurar a participação de Celso Moisés que, desde o início das investigações, omitiu informações importantes, dificultando o trabalho da polícia”, informou a delegada.

Os suspeitos Rafael Nascimento Silva, Celso Moisés Oliveira dos Santos e Rosinaldo Bispo dos Santos foram encaminhados para uma delegacia na capital, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Fonte e foto: SSP/SE