Como a Anvisa recomendou a suspensão da Astrazeneca em grávidas e puérperas com comorbidades, o município aguarda a chegada da coronaVac.

A Secretaria Municipal de Saúde informou ontem, 13, que seguindo a recomendação da Anvisa, não está aplicando a vacina Astrazeneca em gestantes e puérperas com comorbidades em Itabaiana.

Segundo a secretaria, a vacinação contra o coronavírus deste grupo está suspensa temporariamente, visto que não há doses da coronaVac para a imunização e quando estas doses chegarem, a imunização de gestantes e puérperas será retomada.

A vacina da Pfizer também está liberada para aplicação nestas mulheres, porém, por enquanto, ela só está sendo administrada na Grande Aracaju, por questões de logística.

Também ontem, o Ministério da Saúde enviou uma remessa de vacinas a Sergipe, tanto da coronaVac, como da Astrazeneca.

Quando as doses da coronaVac forem enviadas a Itabaiana, provavelmente elas serão utilizadas para a imunização destas mulheres.

Vale ressaltar que para a vacinação de gestantes e puérperas com comorbidades, a mulher deverá comprovar a condição de risco por meio de exames ou relatório médico. Até o momento, apenas nove mulheres deste grupo foram imunizadas em Itabaiana.