A diretoria do Hospital Regional de Itabaiana , junto com a Secretaria de Estado da Saúde (SES) emitiu uma nota sobre uma informação que circula na cidade de Itabaiana, sobre um possível intubação nos corredores, com o intuito de salvar desesperadamente uma paciente de aproximadamente 35 anos.

O hospital confirma que existe superlotação, e uma situação de acomodação além da sua capacidade, o que confirma a linha tênue entre o desespero e o profissionalismo de todos que trabalham ali.

O HRI nega que tenha feito qualquer intubação dentro dos seus corredores, mas deixa subentendendido que a situação é tão crítica que se for necessário, ou se por acaso em algum momento algum profissional achar necessário escolher entre deixar morrer ou intubar no corredor, pode ter certeza que vão escolher pela segunda opção.

Compreendemos a situação dos hospital e mais uma vez, antes que se confirme uma situação tão catastrófica quanto uma intubação no corredor, precisamos mais do que nunca de UTIs.

CONFIRA NA ÍNTEGRA A NOTA: