Segundo IML, caminhoneiro alagoano encontrado em Sergipe morreu por asfixia

Ele estava desaparecido desde o último dia 16, quando veio a Sergipe para buscar uma carga.

Foto: reprodução TV Sergipe

O caminhoneiro alagoano Wilson José de Souza Júnior, de 44 anos foi encontrado sem vida na tarde de ontem, 21, em São Cristóvão. Ele estava desaparecido desde o último dia 16.

Wilson desapareceu enquanto trabalhava. Ele veio a Sergipe buscar uma carga. O último contato feito por ele foi justamente na quarta-feira, 16.

O dono do caminhão dirigido por Wilson identificou que GPS indicava movimentações suspeitas no decorrer da rota do veículo. Ele entrou em contato com a empresa onde o motorista iria fazer um carregamento e descobriu que ele ainda não havia chegado ao local.

A família acredita que Wilson foi vítima de assaltantes, visto que o caminhão “desapareceu”. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) informou que ele morreu por asfixia, e o seu corpo foi liberado para ser sepultado em Água Branca, na cidade de Alagoas, onde ele residia com esposa e filhos.