Investigados por furto de gado no interior sergipano são presos pela Polícia Civil

Os suspeitos agiam durante a noite e levavam os animais no reboque de um veículo.

Uma operação da Delegacia de Repressão a Crimes Rurais (Dercra) deu cumprimento aos mandados de prisão de Ueslei Santos Almeida, conhecido como “Paredão”, e de Rogério Siqueira de Jesus, o “China”. Eles são investigados por diversos furtos de gado no interior do estado. A ação policial ocorreu na manhã da última quarta-feira, 30.

De acordo com o delegado Fernando Melo, as ações dos investigados fizeram vítimas nos municípios de Estância, Ribeirópolis, Moita Bonita e Riachão do Dantas, entre os meses de dezembro de 2020 e junho de 2021.

“Os investigados costumavam atuar no período da noite e transportavam os animais em um reboque locado, sempre atrelado a um Gol branco, de propriedade de Rogério, veículo reconhecido por algumas das vítimas”, detalhou.

Com as prisões de Ueslei e de Rogério, a Polícia Civil pede que informações sobre outros furtos, que possam ter sido praticados pelos investigados, sejam comunicados à unidade policial, localizada no bairro Ponto Novo, em Aracaju. As denúncias também podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia (181).

O delegado também reforça a importância do registro do boletim de ocorrência, como instrumento de investigação imprescindível para o mapeamento dos crimes ocorridos em zonas rurais do Estado.

Fonte e foto: SSP/SE