Junho foi o segundo mês com mais mortes por Covid em Itabaiana desde o início da pandemia

De acordo com os dados da Secretaria Municipal de Saúde, no mês que encerrou ontem, 44 pessoas faleceram.

O mês que encerrou ontem, 30, está entre os piores desde o início da pandemia, em relação às mortes de moradores de Itabaiana, em decorrência do coronavírus. No mês de junho, 44 itabaianenses faleceram.

O número só é menor que o de julho do ano passado, quando foram registrados 46 óbitos; este foi considerado o pior período da doença na cidade serrana.

Até o momento, Itabaiana registrou 244 mortes, ficando atrás apenas da capital Aracaju e de Nossa Senhora do Socorro. O município tem mais óbitos que São Cristóvão e Barra dos Coqueiros, por exemplo, que estão na região metropolitana.

Confira o número de mortes em cada mês na cidade serrana:

-Maio/2020: 3 óbitos;

-Junho: 18 óbitos;

Julho: 46 óbitos;

-Agosto: 16 óbitos;

-Setembro: 7 óbitos;

-Outubro: 4 óbitos;

-Novembro: 5 óbitos;

-Dezembro: 11 óbitos;

-Janeiro/2021: 14 óbitos;          

-Fevereiro: 2 óbitos;

-Março: 18 óbitos;

-Abril: 18 óbitos;

-Maio: 38 óbitos;

-Junho: 44 óbitos.

Itabaiana tem no momento, 637 pacientes isolados e 53 internados, totalizando 690 casos ativos do coronavírus. Desde o início da pandemia até agora foram registrados 12.440 casos e 11.506 pessoas se recuperaram. O número de casos descartados é 14.890.