Prefeitura diz que itabaianenses não foram imunizados com vacinas da Astrazeneca vencidas

Um levantamento divulgado na Folha de São Paulo apontou que pelo menos 15 sergipanos podem ter recebido a vacina fora da validade, quatro em Itabaiana.

Após a veiculação de um levantamento divulgado na Folha de São Paulo, sobre a possível aplicação de cerca de 26 mil vacinas da Astrazeneca fora da validade, em todo o país, e mais de perto Sergipe e Itabaiana, a prefeitura do município serrano informou através de nota, que nenhum itabaianense foi imunizado com vacina vencida.

Conforme o levantamento da Folha, pelo menos 15 sergipanos podem ter recebido a vacina fora da validade, sendo quatro pessoas em Itabaiana.

Segundo a Prefeitura de Itabaiana, quando as doses chegam ao município passam por um processo de checagem, que inclui a data de validade, para garantia da qualidade dos processos de trabalho e da segurança do usuário.

Confira a nota da prefeitura, através da Secretaria Municipal de Saúde, na íntegra:

“A secretaria de Saúde de Itabaiana informa que foi identificado o recebimento dos lotes 4120Z005 e CTMAV505. Esses lotes de vacina foram administrados nos profissionais de saúde, em fevereiro, e em idosos de 68 e 69 anos, em março.

Vale ressaltar que todos os lotes de vacina recebidos e todas as doses administradas passam por um processo de conferência padronizados em procedimentos operacionais padrão, para garantia da qualidade dos processos de trabalho e da segurança do usuário.

Portanto, a questão da validade também tem sido regiamente verificada, em detalhes. Assim, qualquer problema ocorrido nesse sentido terá se dado em etapas anteriores, pois quando as vacinas estão sob a responsabilidade desta secretaria, todas as checagens, fiscalizações e conferências são realizadas, sendo que, no momento do recebimento dos referidos lotes, os mesmos possuíam todas as qualificações necessárias para sua utilização.

Informamos ainda que o processo de imunização em Itabaiana prima pela vida e pela eficiência na vacinação, o que tem feito o município, repetidas vezes, figurar entre os que aplicaram 100% das vacinas recebidas, visto que a preocupação de toda equipe da secretaria de Saúde é com a proteção da população, dispensando o marketing desnecessário que, infelizmente, vem sendo praticado pelo País afora”.

Confira aqui a matéria da Folha de São Paulo.