Auxílio emergencial é prorrogado por mais três meses pelo Governo Federal

O decreto que prorroga o pagamento do auxílio foi assinado ontem, 05, pelo presidente Jair Bolsonaro.

O auxílio emergencial pago aos brasileiros de baixa renda, afetados pelos efeitos da pandemia do coronavírus foi prorrogado pelo Governo Federal mais uma vez e agora será pago até o mês de outubro.

O decreto que prorroga o pagamento do auxílio, que encerraria agora no mês de julho foi assinado ontem, 05, pelo presidente Jair Bolsonaro.

O Governo também editou uma medida provisória que abre crédito extraordinário para custear o pagamento complementar do auxílio.

Criado em abril do ano passado, inicialmente foram pagas cinco parcelas que variavam entre R$600,00 e R$1.200,00. O Governo então estendeu por mais quatro meses (setembro a dezembro) e foram pagas quatro parcelas de R$ 300,00 a R$ 600,00.

Neste ano de 2021, o auxílio foi estendido e o Governo pagou entre abril e julho, valores que variaram entre R$ 150,00 e R$ 375,00.

Agora, com a nova prorrogação, o auxílio será pago por mais três meses.