Presidente do Haiti Jovenel Moise é assassinado a tiros dentro de sua casa

Informação da morte foi confirmada pelo primeiro-ministro interino do país, Claude Joseph.

Jovenel Moise, de 53 anos, presidente do Haiti, país situado na América do Norte foi assassinado a tiros na madrugada desta quarta-feira, 07, em sua residência privada, na capital Porto Príncipe.

A informação da morte do presidente foi confirmada pelo primeiro-ministro interino do país, Claude Joseph.

De acordo com o comunicado do primeiro-ministro, a primeira-dama do país, Martine Moise, também foi atingida pelos tiros.

“Um grupo de indivíduos não identificados, alguns dos quais falavam em espanhol, atacou a residência privada do presidente da República e feriu mortalmente o Chefe de Estado. A situação da segurança no país está sob o controle da Polícia Nacional haitiana e das Forças Armadas do Haiti. Todas as medidas estão sendo tomadas para garantir a continuidade do Estado e proteger a nação”, disse o primeiro-ministro.

O Haiti tem cerca de 11,4 milhões de habitantes, sendo o país mais pobre do continente americano, com um longo histórico de ditaduras e golpes de Estado. Nos últimos meses, enfrentava uma crescente crise política e humanitária, com escassez de alimentos e violência nas ruas.