Belivaldo vai solicitar ao Ministério da Saúde autorização para antecipar segunda dose

Ele se reuniu virtualmente ontem, 13, com os demais governadores e o Ministro da Saúde Marcelo Queiroga.

Foto: ASN

O governador de Sergipe Belivaldo Chagas vai solicitar ao Ministério da Saúde, a autorização para antecipar a aplicação da segunda dose das vacinas Pfizer e Astrazeneca, que no momento tem um intervalo de cerca de três meses (90 dias), entre a primeira e segunda dose.

O assunto foi colocado em pauta ontem, 13, numa reunião virtual que ocorreu entre o Fórum dos Governadores do Brasil e o Ministro da Saúde Marcelo Queiroga, com o objetivo de discutir questões relacionadas à pandemia do coronavírud. O intervalo de aplicação será de 60 dias.

“Este protocolo já está sendo adotado nos Estados Unidos e na Europa e será feita uma consulta ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) para que isso seja utilizado em todos os estados brasileiros”, informou o Governo de Sergipe. O pedido de autorização será feito nos próximos dias.

Os governadores também solicitaram um calendário semanal de entrega das doses pelo Ministério da Saúde até outubro, para que os estados possam organizar um cronograma próprio.

“O Governo Federal também ficou encarregado de enviar uma nota técnica para todos os estados com recomendações e protocolos para o retorno das aulas presenciais no país inteiro, já a partir de agosto”, informou Belivaldo Chagas.