O ex-vereador por Itabaiana, Vado de Olímpio Grande nos deixou na manhã desta quarta-feira, 21, aos 62 anos. Na segunda-feira, 19, ele foi pisoteado por uma vaca parida, em sua propriedade rural no povoado Sambaíba.

Desde então, ele estava internado em estado grave, e ontem, 20, a situação piorou, e ele precisou ser intubado.

Vado foi vereador por Itabaiana durante quatro mandatos consecutivos – de 1993/1996 a 2005/2008. Em 2012, ele decidiu lançar o seu filho Carlos Vágner, o Vaguinho de Vado, como vereador; o jovem obteve êxito e atualmente está em seu terceiro mandado, também consecutivo.

A família de Vado tem o sangue político nas veias. Seu pai, o saudoso Olímpio Grande, também foi vereador da cidade serrana, por nove vezes.

Juntos, Olímpio, Vado e Vaguinho colecionam cerca de sete décadas na política de Itabaiana. O plenário da Câmara de Vereadores da cidade recebe o nome do saudoso Olímpio Grande, assim como a avenida onde fica a UFS e Delegacia de Itabaiana.

Vado sempre trabalhou vendendo couro bovino, tinha oito filhos e atualmente estava aposentado. No último dia 03 de julho ele comemorou 62 anos, ao lado da família.

Nas campanhas de seu filho Vaguinho, ele sempre estava presente, nas visitas aos lares itabaianenses, mostrando que queria dar continuidade ao legado da família e também, que era um “Pai Coruja”.

A Câmara de Vereadores emitiu nota de pesar pelo falecimento e salientou a sua contribuição para com a cidade, enquanto esteve vereador. “Em nome de todos os parlamentares desta casa, manifestamos os nossos sentimentos e solidariedade aos amigos e familiares”, diz a nota.

O Governo de Itabaiana também se pronunciou e decretou luto oficial de três dias no município, em respeito ao falecimento de Vado e a dor dos familiares.

O Portal Itnet lamenta profundamente a morte de Vado e deseja forças a todos os seus familiares. Descanse em paz!

A família ainda não informou sobre o velório e sepultamento. Traremos novas informações em breve.