Muitos admiradores estiveram no velório na Câmara, prestando as últimas homenagens a Vado.

O corpo do ex-vereador Vado de Olímpio Grande deixou a Câmara de Vereadores de Itabaiana em direção ao Cemitério Santo Antônio e Almas, na manhã de hoje, 22, onde ocorreu o sepultamento.

Ele faleceu ontem, 21, aos 62 anos, no período da manhã e durante a tarde e noite o velório ocorreu em seu sítio, no povoado Sambaíba.

Como forma de homenagear o ex-vereador, na manhã de hoje o corpo foi levado à Câmara, onde ele atuou como parlamentar, durante 16 anos; lá, muitos admiradores, autoridades, conhecidos e amigos puderam prestar as últimas homenagens, antes do sepultamento.

Vado faleceu no Hospital de Urgências Governador João Alves Filho, em Aracaju, onde estava internado desde a segunda, 19, após ter sido pisoteado por uma vaca parida em seu sítio.

Ele deixa oito filhos, entre eles o atual vereador Carlos Vágner (Vaguinho de Vado). Na Casa de Leis, Vado foi vereador por quatro mandatos consecutivos, totalizando 16 anos (entre 1993 e 2008).

Herdou do seu pai, Olímpio Grande, o gosto pela política; ele [Olímpio] foi vereador nove vezes e Vado passou para Vaguinho a função de continuar a tradição familiar na política de Itabaiana.

Confira o último adeus a Vado: